Colunas
Luciano Garrido
 
Colunas anteriores
16/8/2004
9/8/2004
2/8/2004
Maurinho, não !


Ele está em grande fase!! Esse bordão não é meu. É de Ronaldo Castro, conceituado comentarista de esporte, que tenho o prazer de conhecer e trabalhar. Lembrei desse bordão ao ver o jogador Maurinho atuando pelo Paysandu contra o Vasco, neste feriado, Dia da Independência. Isso foi o suficiente para eu retomar a coluna. Confesso que nas últimas semanas estava um pouco desmotivado com a pasmaceira do futebol e sem assunto para comentar. Mas aí ele apareceu.


O Maurinho continua o mesmo dos tempos do Flamengo. Somente no primeiro tempo do jogo pude contar algumas jogadas assombrosas. Ele conseguiu errar uma bicicleta na área adversária, deu um pé alto na cabeça do atacante Anderson, que tem quase 1,90m, e errou inúmeros passes, entre cruzamentos e escanteios.


Aí lembro da pergunta que não quer calar. E não cala!!! Como um jogador como ele joga profissionalmente. E o pior... Como jogou tanto tempo no Flamengo? Jogar profissionalmente ainda posso admitir, afinal não creio que existam virtuoses no país inteiro e em todos os times nos quatro cantos do Brasil. Mas jogar em um time grande??? Isso é demais para a minha hipertensão.


Meu medo é que esse elemento voltando a jogar no Rio, passe pela Gávea para uma visita aos ex-companheiros de time e os diretores do Flamengo o contratem novamente como "reforço".


O Vasco perdeu mais uma. Desta vez para o Paysandu, uma das piores equipes do campeonato. Time que abriga Maurinho em sua lateral direita. Só não perdeu de mais por ineficiência do adversário. Isso me faz lembrar que cada vez mais minha profecia vem se confirmando. O time da Colina corre sério risco de ir parar na zona de rebaixamento, onde militou por bom tempo o Flamengo e onde mora desde o início do campeonato o Botafogo.

 

 
  >> Voltar <<