Colunas
Tonico Bittencourt
 
Colunas anteriores
11/9/2004
16/8/2004
2/8/2004
Razão e Coração
Show de Público


Chegamos a mais um final de campeonato brasileiro por pontos corridos. O terceiro da história. Graças aos apelos dos meios de comunicação o público começa a freqüentar mais aos estádios. Em São Januário vimos frequentemente 20.000 pessoas nos jogos do Vasco. Em Minas sempre bons públicos, o mesmo ocorrendo no Rio Grande do Sul e São Paulo. As torcidas de Fortaleza e Paysandu como sempre dando um show a parte. Parabéns as torcidas !!!!

Vale o que está escrito


Terceiro ano de campeonato por pontos corridos e o terceiro em que STJD/CBF alteram a classificação adquirida no campo. Isso precisa ser revisto o mais urgente possível. Este ano puniram o Brasiliense no jogo contra o Vasco, por vender ingressos. Os jogos anulados que foram apitados pelo Edílson também são questionáveis. Precisamos acabar com isso. Chega de Tapetão.

Campeão Moral


Depois da Copa de 1978 na Argentina, criarão este chavão. Normalmente funciona em anos em que alguma equipe que não seja a campeã demonstra um futebol mais envolvente e bonito, normalmente perdendo o jogo da final em algum detalhe. Este ano isso não ocorreu. O próprio campeão, até agora reconhecido pela CBF, não demonstrou um futebol que encantasse ninguém, muito pelo contrário. Possui um elenco de ótimos jogadores, que sobressaíram mais que o esquema montado para eles. O Internacional teve diversas oportunidades para disparar e sempre deixou escapar pontos importantes em casa. A própria torcida andou pegando no pé dos jogadores por causa disso. O Goiás jogou bem mas nunca se pensou nele como campeão brasileiro. O Fluminense começou também a enfraquecer nos momentos finais do campeonato. Ganhar jogos nos acréscimos demonstra superação para vencer alguns jogos, mas não o campeonato.

Rapidinhas


  *  Porque a CBF não proclama o Internacional e o Corinthians campeões ? Só por causa de juiz, o jogo entre os dois clubes foi o que teve mais influência de um árbitro.

  *  Romário artilheiro do campeonato brasileiro aos 39 anos, jogando praticamente metade dos jogos, perdendo pênaltis e ainda estão querendo diminuir o feito. Como diz um amigo meu: "Língua é bom com batatas!"

  *  Luxemburgo saiu do Real Madrid sem conseguir implantar sua filosofia de trabalho, será que se fecharam as portas para técnicos brasileiros no exterior ?

  *  Ronaldo, o fenômeno, deseja ser o maior artilheiro de Copas do Mundo, boa sorte a ele.



 

 
  >> Voltar <<