Colunas
Tonico Bittencourt
 
Colunas anteriores
14/6/2006
28/4/2006
5/12/2005
11/9/2004
16/8/2004
2/8/2004
Razão e Coração
Classificação assegurada


O Brasil conseguiu já na segunda partida a classificação para as oitavas-de-final. Novamente não mostrou um futebol que todos esperavam, mas cumpriu seu objetivo.

Ronaldo, aposta no futuro


O Ronaldo apareceu bem melhor, mostrando que o Parreira está certo em insistir com ele na primeira fase. O que mais me estranha é a falta de lembrança da maioria dos comentaristas atuais. Todos nós sabemos que o Ronaldo não vinha jogando a algum tempo por causa de uma contusão. Ele estava querendo se recuperar para jogar a Copa. Falam que ele está gordo, mas na verdade ele está sem ritmo de jogo. Os treinos e os amistosos que ele participou não contam para melhorar. Não possuem o mesmo contato e adrenalina de um jogo normal. Logo, o Parreira, que acredita nele, o coloca para jogar na primeira fase para pegar o ritmo e tempo de bola. Parreira está plantando, para colher das quartas-de-final em diante. Vejam só a diferença de movimentação e ritmo do Ronaldo do primeiro para o segundo jogo. Imaginem como vai estar nas quartas-de-final em diante.

Defesa bem novamente


Parabéns novamente para nossa defesa que sobressaiu no jogo. Desta vez nem o Roberto Carlos brincou. Nossos laterais tem consciência que não podem mais atacar como antigamente e estão mais conscientes. Melhor para nossos zagueiros que não precisam mais sair na cobertura. O Dida fez uma linda devesa em um sem pulo e quase entregou o ouro quando saiu para pegar uma bola numa disputa com o jogador australiano. Realmente o forte dele é embaixo das traves.

Treinos positivos


No começo do segundo tempo o Brasil começou marcando a saída do adversário, conforme vem treinando. Importante e decisivo isso, para quando precisar se impor. Não existe preparo físico para fazer isso durante todo o jogo, mas o Brasil mostra que faz o que treina.

Quadrado com pedalada


O Robinho entrou e apareceu bem novamente, mostrando que com um jogador de mais toque, que aparece para jogar e tabelar, fica bem melhor o "quadrado mágico" do Brasil. Assim fica mais parecido inclusive com o da Argentina, que só joga com o Crespo enfiado entre os zagueiros e o restante tabelando e aparecendo para jogar. Acredito que das quartas-de-final em diante, o Parreira deva fazer alguma alteração.

Parreira e Fred


Outro elogio que se deve ao Parreira foi a entrada do Fred. Mais novo e rápido que o Adriano, e tão goleador quanto, para jogar no contra-ataque. Na primeira jogada que participou, fez o gol. Mostra que é um jogador de estrela, que em quatro jogos pela seleção Brasileira, fez três gols. Já temos substituto para o Ronaldo na copa que vem. Justiça ao jogador que vem comendo a bola nos treinos.


Chocolate Argentino


Parabéns ao time argentino que destruiu no jogo contra a Sérvia e Montenegro. Foi um dia em que tudo deu certo aos excelentes jogadores argentinos. Um gol logo no início do jogo, foi tudo o que eles pediram. Apareceram os espaços que os jogadores souberam aproveitar. O técnico ainda pode dar ritmo de jogo a Tevez, que fez um golaço, e ao Messi. Falta ver como eles vão se sair quando o gol demorar a sair, ou contra uma defesa mais firme, lembrando que quando são pressionados, como contra a Costa do Marfim, eles não se saem tão bem.

Equador a surpresa da Copa


A seleção do Equador pode ser considerada a grande surpresa da Copa. Jogando um futebol de qualidade, com passes curtos e constante movimentação dos jogadores. Parece que treinaram todas as jogadas que fazem. Tabelas simples, passes objetivos e não brincam na defesa. A prova de fogo será contra a Alemanha. Vamos ver como se saíram as duas seleções.

Favoritismo confirmado


A outra boa surpresa é que as seleções mais fortes estão confirmando o favoritismo e conseguindo a classificação de forma antecipada. Tirando a França que ainda não disse ao que veio, as demais Alemanha, Argentina, Brasil, Inglaterra, Itália, Holanda e Portugal não encontraram muitas dificuldades mesmo não mostrando um futebol dignos de elogio.


 

 
  >> Voltar <<